Anjos & Dragões – Regras e Gameplay

Anjos & Dragões - Marca

Dando continuidade no post do Anjos & Dragões, vamos falar das regras do jogo.

O jogo possui, basicamente, um único tipo de carta. As unidades. As unidades podem ser usadas de 3 formas diferentes:

  • General – Liderando os combates, atacando seus oponentes e defendendo o jogador.
  • Aliado –Auxiliando os Generais nos combates.
  • Efeito Rápido – Sendo descartado para alterar diversas situações de jogo.

Isso quer dizer que uma mesma carta poderá ser utilizada como General ou Aliado, dependendo apenas da estratégia do jogador. Generais fortes são fracos como aliados, da mesma forma que Aliados fortes são fracos como Generais.

Unidades que possuem um Efeito Rápido serão Generais ou Aliados medianos e também existem unidades que são medianas, tanto como Generais quanto Aliados. A palavra de ordem é equilíbrio.

O jogo começa com os jogadores colocando 5 cartas do topo do seus baralhos como Escudos. Esses escudos serão suas defesas, funcionando como pontos de vida. O objetivo do jogo é atacar o oponente, quebrando seus escudos, e desferir um golpe final.

Cada  jogador compra 5 cartas. O jogador que começar a partida compra uma carta a mais. A partir desse ponto, já começa a ação. O jogador que começa pode escolher uma unidade de sua mão e baixar como General, atacando seu oponente. Em resposta, o jogador defensor pode:

  • Deixar que o ataque passe e quebre um de seus escudos.
  • Escolher uma unidade de sua mão e baixar para se defender.

Sombra - Mago NegroCaso ele deixe o ataque passar, um de seus escudos será quebrado. Essa carta sai da área de escudos e vai para a mão do jogador. Ou seja, quanto mais ele apanha, mais força para revidar. Caso ele resolva se defender, ocorre um combate.

Nos combates, o vencedor é o General com maior força. Em caso de empate, a vitória é do atacante. No entanto, o jogador perdedor pode mudar o resultado do combate jogando Aliados.

A força do Aliado é somada a do General. Pode-se jogar Aliados até reverter o combate a seu favor. O novo perdedor pode fazer o mesmo até que ambos os jogadores não possam (ou não queiram) jogar mais Aliados.

O General vencedor fica em campo, mas o perdedor é descartado. Todos os aliados são descartados. Não pense que os combates são resolvidos apenas na força bruta. Os Generais e Aliados possuem diversos poderes para alterar o resultado dos combates. Alguns Generais são mais fortes ao atacar, ou ao defender, ou no exato momento que entram ao campo. Também podem sobreviver ao perder o combate, atacar mais de uma vez, ou caçar Generais oponentes.

Alguns Aliados podem voltar para a mão do dono após o combate, virar Generais e permanecer na mesa, ou mesmo destruir o General vencedor. E ainda existem os Efeitos Rápidos. Essas cartas podem alterar diversas situações de jogo, destruindo Generais, impedindo ataques ou defesas, comprando cartas extras e diversos outros efeitos.

Há muita variedade nas interações de jogo, cabendo aos jogadores usar as cartas nas situações mais vantajosas. O jogador atacante pode continuar atacando com outros Generais até perder um combate, ou até passar o turno por vontade própria. Ao passar o turno o oponente compra 3 cartas e poderá revidar com força total. Os turnos são revezados até que um jogador quebre os 5 escudos oponentes e efetue um ataque final que não puder ser defendido.

Vejam a seguir um gameplay demonstrando o funcionamento do jogo.

Autor: Maiochi

Desde pequeno é um nerd "antenadinho", um geek talvez, obcecado pelo numero 9999, jura que vai fazer um programa e mudar o mundo. Ele não tem vergonha do que é: feio, pobre e nerd. Dono de uma mente brilhante, porém não menos maléfica. Atualmente trabalha como programador.

Compartilhe este post no

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *